top of page

5 mitos sobre o aparelho dentário invisível

Os aparelhos dentários invisíveis são uma das soluções mais inovadoras e populares da Ortodontia para alinhar os dentes.

Apesar do aparelho dentário invisível ter muitas vantagens relativamente a outras opções de alinhamento dentário, ainda existem dúvidas sobre o tratamento e os seus resultados, tais como a eficácia, o preço ou a duração.

Por isso, decidimos desmistificar 5 mitos sobre o aparelho dentário invisível (cuja marca mais conhecida é o Invisalign). Estas são dúvidas que os nossos pacientes nos colocam, antes de iniciarem este tratamento.

O alinhador invisível é menos eficaz que os aparelhos convencionais?

A duração e eficácia do aparelho dependem da condição oral do paciente e da disciplina do próprio, já que o aparelho invisível deve estar cerca de 22 horas diárias na boca.

Ainda assim, os tratamentos duram entre seis e 12 ou 18 meses e ao fim de algumas semanas já se começam a notar os primeiros resultados. É uma opção mais rápida, quando comparada com o aparelho convencional, que demora entre 12 e 24 meses.

Ao contrário do que se pensa, os aparelhos ortodônticos podem ainda tratar problemas mais complexos, nomeadamente mordida cruzada, sobre mordida, prognatismo (dentes inferiores projetam-se para a frente dos superiores) ou dentes apinhados.

Dói usar aparelho dentário invisível?

O aparelho invisível não tende a causar tantas dores como o aparelho convencional. No entanto, pode ser sentida alguma pressão sobre os dentes, no início do tratamento.

Esta pressão vai sendo feita e ajustada de forma gradual e constante, contrariamente aos outros tipos de aparelho, cuja pressão e a dor acontecem todos os meses quando se troca de materiais

Na hora da refeição os aparelhos podem ser retirados, o que faz com que a dor reduza enquanto se mastiga. Ainda assim é recomendável que nas primeiras semanas de utilização se escolham alimentos mais simples de comer como batidos ou sopas.

É também recomendada a cera ortodôntica nas áreas mais afetadas da boca que contactam com o aparelho, de forma a reduzir o incomodo.

Só os adultos podem usar aparelhos invisíveis?

Ainda que a indicação do uso seja para crianças a partir dos seis anos, os mais novos podem utilizar o aparelho invisível para corrigir, por exemplo, problemas dentários relacionados com o crescimento saudável da arcada dentária.

Contrariamente ao que se pensa, os mais novos têm tendência para se adaptarem bastante bem aos aparelhos invisíveis:

  • As crianças comem sem os alinhadores e por isso não é preciso adaptar uma nova rotina alimentar, como acontece com os aparelhos convencionais.

  • Os alinhadores são mais confortáveis na medida em que não há brackets nem fios soltos, uma vez que se trata de uma “capa” removível.

  • Cabe ao dentista decidir se a criança estará apta ou não, com base no posicionamento dos dentes e na sua maturidade de modo a ser responsável por manter o alinhador tempo suficiente a boca.


Os alinhadores transparentes são visíveis?

O nome “invisível” refere-se ao uso de material transparente ou quase transparente na composição do aparelho, tornando-o menos visível do que os aparelhos convencionais.

O aparelho dentário invisível é mais caro?

O aparelho ortodôntico é ligeiramente mais caro que o aparelho convencional. No entanto, o valor do tratamento depende de vários fatores, como por exemplo a complexidade do caso.



37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page